2009 NBA AWARDS!!!!

abril 21, 2009

Okay, eu demorei um pouco para publicar as minhas escolhas para os prêmios da NBA. Em minha defesa, ando ocupado, mas vocês podem acompanhar todos os detalhes dos NBA Playoffs 2009 no BasketBrasil. E também ver a galeria de cheerleaders, ainda na página principal.

Quanto aos prêmios, tirando Coach of the Year, que já foi para o Mike Brown, do Cleveland Cavaliers, vou usar a cédula de votação que a Liga entrega aos jornalistas americanos que votam no processo, agradecimentos Lang Whitaker, da revista Slam.

2008-09 T-MOBILE ROOKIE OF THE YEAR AWARD BALLOT

A NBA não determina um critério específico, além dos jogadores serem novatos, óbvio.

O prêmio de ROY (Rookie of the Year) ficou entre Derrick Rose, do Chicago Bulls, e O.J. Mayo, do Memphis Grizzlies.

Mayo teve uma ótima temporada, mas Rose carregou o Bulls para os Playoffs.

ROY: Derrick Rose.

ROY

ROY


2008-09 NBA DEFENSIVE PLAYER OF THE YEAR AWARD PRESENTED BY KIA MOTORS BALLOT

Sem um critério específico.

Os suspeitos usuais estavam machucados (Shane Battier), ou não parecerem focados na defesa (Ron Artest). Até Kevin Garnett, que venceu o DPOTY ma temporada passada pegou menos rebotes, deu menos tocos e roubou menos bolas nesta temporada.

DPOTY: Dwight Howard.

O Superboy (Eu chamo ele de Superman quando ele vencer 4 títulos da NBA, ser MVP de uma temporada, 2 All-Star Games e 3 Finais, liderar a NBA em pontos e ser o Most Dominant Ever) ainda tem que melhorar bastante no ataque, mas na defesa, ele é quase perfeito.

Superboy

Superboy

2008-09 ALL-NBA TEAM BALLOT

Critério escolhido pela NBA: Vote em um jogador para cada posição, Center, Power Forward, Small Forward, Shooting Guard, Point Guard. Os jogadores devem ter jogado nas posições em seus respectivos times.

All-NBA First Team

CP3, o melhor armador da NBA na atualidade

CP3, o melhor armador da NBA na atualidade

SF LeBron James
PF Tim Duncan
C Dwight Howard
SG Kobe Bryant
PG Chris Paul

Alguma reclamação?

All-NBA Second Team
SF Paul Pierce
PF Dirk Nowitzki
C Shaquille O’Neal
SG Brandon Roy
PG Deron Williams

The Original Superman

The Original Superman

Afirmei no BasketBrasil, o ano inteiro, que o Deron Williams é o segundo melhor armador na atualidade na NBA (em algumas noites, o melhor).

Shaq teve um boa temporada, após muitos acharem que o Superman estava acabado.

All-NBA Third Team
SF Kevin Durant
PF Pau Gasol
C Yao Ming
SG Joe Johnson
PG Dwyane Wade

D-Wade

D-Wade

Alguém tem que salvar o Durant do OKC Thunder (A campanha “FREE STARBURY!!!” deu certo, agora é a “FREE DURANT!!!”. Não consegui pensar em um PF melhor que o Gasol neste ano. Joe Johnson marcava o melhor jogador das outras equipe e conseguiu liderar o Atlanta Hawks em pontos.

2008-09 NBA MOST IMPROVED PLAYER AWARD PRESENTED BY KIA MOTORS BALLOT

Critério: Este prêmio deve ser dado para um jogador jovem que se destacou neste ano, melhorando em relação ao último ano. Não deve ser dado para alguém que está “voltando”. (Pô tiraram meu voto para o Shaq).

MIP: Kevin Durant.

Além de estar isolado em OKC, e ver a equipe trocar de treinador em seu segundo ano na NBA, Durant melhorou sua média de pontos (em 5 pontos por jogo), rebotes e assistências por partida. E, segundo fontes, ele está exercendo um papel de líder no Thunder.

FREE DURANT!!!

FREE DURANT!!!

2008-09 NBA SIXTH MAN AWARD PRESENTED BY KIA MOTORS BALLOT

Critério: Este prêmio deve honrar um jogador em seu papel como reserva. Ele deve ter começado mais jogos no banco do que como titular.

6thMOTY: Jason Terry.

O armador do Mavericks entra nas partidas e muda o estilo do time.

6thMOTY

6thMOTY

2008-09 NBA MOST VALUABLE PLAYER AWARD PRESENTED BY KIA MOTORS BALLOT

Nenhum critério.

MVP: Hmm… Quem poderia ser?

LeBron is Really, Really, Really, Really, Really, Really, Good

LeBron is Really, Really, Really, Really, Really, Really, Good

LeBron James. King James. LBJ.

E uma foto da HQ promocional da DC Comics de brinde...

E uma foto da HQ promocional da DC Comics de brinde...


SHAQ ATTAQ!!!!

fevereiro 18, 2009

Alguém precisa perguntar porque eu sou fã do cara? Então é só ver o que ele fez no All Star Game 2009

Começou com uma tentativa de bater o recorde mundial de lances-livres com os olhos vendados em um minuto

Shaqawookiez

Um grande passe sem olhar pro Sr. Eva Longoria

The Real Superman!!!!!!

A entrevista com o Kobe: The Big Legendary

Momentos do que pode ter sido o último ASG do BIG
A NBA não vai ser a mesma sem o Shaq. Ele deveria receber um lugar vitalício nos ASGs…


Shaq: Part IV – The Rise of the Phoenix

fevereiro 11, 2008
act_shaquille_oneal.jpg

Todos falam mal da troca entre o Miami Heat e o Phoenix Suns. Shaquille O’neal por Shawn Marion, Shaq Diesel por The Matrix. Mas, será que existem motivos para reclamar desta troca?

Vamos analisar as vantagens e desvantagens para cada equipe:

1 – Motivos Financeiros:
Financeiramente a troca é boa para ambas equipes. O contrato de Marion contém uma cláusula que permite que o atleta termine o atual contrato um ano antes do previsto. Com isto, Marion deve sair de seu contrato no final da temporada. o Heat deve ter, mais ou menos, US$ 20, US$ 23 milhões e aqui vai uma pequena lista de Free Agents (FA) no final da temporada:
Baron Davis (tem a opção do atleta, como é chamada a cláusula, e tem uma chance de 50% de sair de seu contrato)
Ron Artest (opção do atleta, deve sair)
Corey Maggette (opção do atleta, deve sair)
Antawn Jamison
Gilbert Arenas (opção do atleta, deve sair)
Andres Nocioni
Monta Ellis
Colocaria, também, nesta lista o ala do Atlanta Hawks, Josh Smith, que será um FA restrito (se sua equipe igualar a proposta de outra, o atleta é obrigado a assinar com ela) mas, como o Atlanta tem um histórico de não gastar muito dinheiro, pode sair. Se o Marion ficar até 2009:
Rasheed Wallace
Kobe Bryant
Jason Kidd
Ron Artest (opção do atleta)
Belas listas, não?
Já os contratos de Shaq e Steve Nash terminam em 2010. Shaq terá 38 anos, e deve se aposentar, Nash terá 36, idade avançada, principalmente para um armador que vive de correr muito e é fisicamente frágil como ele. Quais serão os FA deste ano?
LeBron James (opção do atleta, deve sair)
Carmelo Anthony (opção do atleta, não deve sair, mas… nunca se sabe)
Dirk Nowitzki (opção do atleta, pode ficar)
Joe Johnson
Tracy McGrady
Michael Redd (opção do atleta, deve sair)
Dwyane Wade (opção do atleta, dependendo do que o heat fizer nestes dois anos, deve sair)
Manu Ginobili
Chris Bosh (opção do atleta, 50%)
Al Harrington
Então, fica provado, pelo menos para mim, financeiramente a troca foi perfeita para todos.
080207_diesel_shaq1.jpg2 – Qualidade da Equipe:
Aí é que a troca recebe mais críticas. Os argumentos são: Shaq vai acabar com o contra-ataque do Suns; Marion está tendo uma grande temporada, 20 pts/jogo e 10 rebotes/jogo instantâneos; Phoenix acabou com seu futuro:

Shaq vai acabar com o contra-ataque do Suns: vamos começar entendendo a nova “tendência” da NBA, a culpada por esta crítica, que leva muitos escritores, “fãs”, e ovelhas a acreditarem nisto: o small-ball: small-ball, quando uma equipe, Suns (antes da troca), Golden State Warriors, Dallas Mavericks são grandes exemplos, utilizam uma equipe baixa, com um ala de força (nunca vou me acostumar com o termo ala/pivô) no lugar do pivô. É um estilo divertido, nos anos 80 o Warriors já tinha o Run-TMC, com Tim Hardaway, Mitch Richmond e Chris Mullin,muito divertido de ver, um jogo rápido sem muito tempo de posse de bola gasto. Nenhuma equipe venceu com o small-ball. Alguns citam o Chicago Bulls do Michael Jordan como uma equipe que venceu, mas, mesmo sem um pivô sendo um dos protagonistas, e nem entrando no mérito de que era o Jordan, a equipe ainda, sempre, tinha um pivôzão, Cartwright, Wennington, Longley, qualquer um, mas tinha.

O Shaq não precisa correr com o time. Ele mesmo disse nas entrevistas “…posso começar um contra-ataque pegando o rebote…” e para quem duvida que ele ainda corre “…quando não pegar o rebote, vou tentar correr, sei que o Nash vai me procurar no ataque…” Mesmo assim, procure no youtube, vídeos do Lakers de ’87, o Kareem Abdul-Jabbar demorava para chegar no ataque. Uma equipe conhecida pelos contra-ataques não perdeu esta faceta só por que seu pivô estava mais lento. A equipe corria quando podia, se não conseguisse o contra-ataque, tinha o Kareem para ajudar na jogo de meia quadra.

Marion está tendo uma grande temporada, 20 pts/jogo e 10 rebotes/jogo instantâneos: tem certeza? Bom, vamos ver os números. Marion está tendo médias de 15,8 pts/jogo; 10 rebotes/jogo e 2,1 assistências/jogo. Shaq, machucado por boa parte da temporada, tem 14,2 pts/jogo; 7,8 rebotes/jogo e 1,4 assistências/jogo (acho que, com uma equipe com melhores arremessadores, e atletas que cortem para a cesta e não só assistam ao Shaq, o número de assistências deve aumentar). Não é uma melhora tão grande… Além da lenda de que Marion é um grande arremessador de três pontos, 34% de aproveitamento, bom, mas longe de ser grande.

Phoenix acabou com seu futuro: a troca não é para o futuro. o futuro está “garantido” quando os contratos de Shaq e Nash terminarem, em 2010. Phoenix viu que o atual estilo pararia sempre no quase e resolveu fazer alguma coisa para o agora. Ainda não era hora de implodir o time e recomeçar do zero, então uma troca faria sentido.

Ainda acho que Marion só jogará esta temporada pelo Heat e deve sair de seu contrato, assim que possível, não acho que ele terá um impacto grande na equipe.

Acho que, com um armador e uma equipe muito boa em volta, Shaq deve melhorar sua temporada. Ele já falou com Grant Hill, outro veterano que teve sua recuperação em Phoenix e o ala elogiou muito os médicos do time. Com uma equipe que se movimente, corte para a cesta, e não fique apenas olhando (o que Miami vinha fazendo) os números de Shaq devem melhorar. Como já falei, com muitas pessoas, acho que o pivô pode ser muito efetivo, claro que não terá médias de 27 pts e 15 rebotes, em uma grande equipe.

Leandrinho, Diaw, Nash, Hill e os outros arremessadores de Phoenix devem ter uma vida mais fácil, já que o pivô ainda recebe marcações duplas constantemente. E, quem sabe, após uma boa recuperação, noites de 24 pontos , 15 rebotes e 5 tocos, parecidas com as de um jogo contra Yao Ming e o Houston Rockets, não serão mais freqüentes?

Sem contar que agora a equipe finalmente tem alguém para marcar, Tim Duncan, Yao Ming, sem sacrificar o Amaré Stoudemire. STAT, como é cpnhecido, poderá aproveitar a “defesa de ajuda” para aumentar o número de tocos por jogo. Aliás, o ala de força finalmente vai poder jogar de ala de força. E, assim como David Robinson fez com Duncan, Shaq Diesel vai poder ensinar alguns truques para Stoudemire.